NOA Mizuno (Kuliouou, Oahu) e Mahina Maeda (Sunset Beach, Oahu) conquistaram a vitória na Turtle Bay Resort Pro Junior, o último Campeonato Mundial de Surf (WSL) Junior Qualifying Series (JQS) do ano. O sucesso de hoje fez com que Mizuno avançasse ante Cody Young (Makawao, Maui) para o Campeonato Regional Júnior, enquanto Brisa Hennessy (Kailua, Oahu) conquistou o título na divisão feminina e vice-campeão atrás de Maeda. Os desempenhos de Mizuno e de Maeda catapultaram-nos nas faixas de qualificação para o campeonato júnior do mundo em Austrália este janeiro.

Com tanta coisa em jogo durante este evento as perturbações eram inevitáveis, mas no final 8 surfistas estavam no topo do pódio para ser premiado com cheques e bolsas de estudo. Juntando Mizuno, Maeda, Young e Hennessy no Campeonato Mundial Júnior de janeiro estão Noah Hill (Maui), que ficou em terceiro lugar no evento de hoje, e Christopher Bluthardt (Oahu).

Mizuno e Hennessy foram para casa com o Campeonato Regional Júnior título hoje.

Hennessy foi um destaque durante o evento e falou sobre o que significa garantir o título de Campeão Regional Júnior: “É tão bom. Foi meio estressante entrar neste evento sabendo que há tantos surfistas incríveis tentando se qualificar, então fiquei um pouco nervoso, mas me sinto tão bem por estar no topo “.

A final masculina viu uma batalha de ida e volta entre Mizuno e Young, enquanto a multidão do litoral aplaudiu e assobiou como 4-6 pés de onda. Conjuntos marcharam através da formação. Mizuno teve a maior pontuação de onda única um 9,15, e apoiou-se com um 6,20 para assumir a liderança sobre Young, que ficou igualmente ocupado, mas finalmente ficou aquém de um ponto.

“Estou empolgado, trabalhei duro para isso”, disse Mizuno. “Esta é a minha primeira grande vitória e apenas tomar o título regional e ir para a Austrália como o principal candidato do Havaí é provavelmente um dos melhores sentimentos para mim. Estou animado como este dia acabou porque um monte de trabalho duro foi colocado nisso e é bom saber que valeu a pena. “

A final feminina viu quatro das cinco melhores mulheres juniores disputarem o título, mas o revés de Maeda mostrou-se imbatível nas condições desafiadoras. Hennessy, Summer Macedo (Maui) e Zoe McDougall (Oahu) caíram para o ex-Campeão Mundial Júnior WSL em segundo, terceiro e quarto lugar, respectivamente.

“A final foi muito intensa e as meninas que me enfrentaram foram da equipe que eu viajei de volta aos Açores, por isso foi como uma aula de surf do Havaí, foi muito divertido”, disse Maeda. “Todos nós estávamos empurrando uns aos outros e Brisa acabou de voltar dos Açores como a Campeã Mundial Júnior ISA, então ela era definitivamente a única pessoa a bater. Estou muito feliz por ter me redimido.”

Maeda teve a onda mais forte da final, um 8,0, e apoiou-se com um 4,75, no entanto Hennessy beliscou em seus saltos com um 6,90 e 5,50, apenas 0,35 pontos atrás Maeda. Macedo mostrou verdadeiro guerreiro depois de se ferir um dia antes da competição. Apesar de sua performance não ser suficiente para levar a vitória, esta foi uma vitória pessoal para o evento.

Finn McGill (Oahu) teve a pontuação mais alto do evento, um quase perfeito 19,00 na primeira rodadas depois de pregar um 9,75 e apoiando-o com um 9,25. McGill perdeu nas semifinais, mas vai surfar no próximo evento de WSL Havaí, o HIC pro, apresentado por Vans, 27 de outubro – 9 de novembro. Este evento verá muitos dos juniors de hoje competir de encontro aos melhores do mundo e é o evento regional oficial de qualificação para a Vans Triple Crown of Surfing, de 12 de novembro a 20 de dezembro.

RESULTADOS
Surfistas listados do 1º ao 4º, todos os surfistas do Havaí, salvo indicação em contrário.

FINAIS MENSAIS
1º – Noa Mizuno, (Campeão Regional Masculino)
2º – Cody Young
3º – Noah Hill
4º – Barron Mamiya

FINAL DAS MULHERES
1º – Mahina Maeda
2ª – Brisa Hennessy (Campeã Regional Feminina)
3º – Verão Macedo
4º – Zoe McDougall

MENS SEMIFINALS – 1º e 2º avanço
SF1: Barron Mamiya, Cody Jovem, Oceano Macedo, Brodi Venda
SF2: Noah Hill, Noa Mizuno, Logan Bediamol, Finn McGill

SEMIFINAS DE MULHERES – 1º e 2º avanço
SF1: Mahina Maeda, Zoe McDougall, Honolua Blomfield, Gabriela Bryan
SF2: Brisa Hennessy, Verão Macedo, Vahine Fierro, Summer Ivy

QUARTERFINALS DO HOMEM – 1º e 2º avanço
QF1: Barron Mamiya, Venda Brodi, Kaulana Apo, Dylan Franzmann
QF2: Cody Young, Ocean Macedo, Tony Nunez, Sammy Gray
QF3: Finn McGill, Logan Bediamol, Kala Willard, Cole Alves
QF4: Noah Hill, Noa Mizuno, Wyatt McHale, Cole Frye

QUARTERFINALS DAS MULHERES
QF1: Mahina Maeda, Gabriela Bryan, Aloha Lopez, Izzi Gomez
QF2: Zoe McDougall, Honóla Blomfield, Luana Coelho-Silva, Angelina Yossa
QF3: Verão Macedo, Vahine Fierro, Savanna Stone, Kelta O’Rourke
QF4: Brisa Hennessy, Verão Hera, Leila Riccobuano, Keala Tomoda-Bannert

MENS ROUND de 32 – 1º e 2º avanço
H1: Barron Mamiya, Ocean Macedo, Kyle Tester (EUA), Jake Riccobuano
H2: Brodi Sale, Tony Nunez, Noé Beschen, Christopher Bluthardt
H3: Sammy Gray, Kaulana Apo, Kelson Lau, Koa Yokota
H4: Cody Young, Dylan Franzmann, Makana Pang, Keoni Picollo
H5: Finn McGill, Cole Frye, Luke Swanson, Dante Silva
H6: Cole Alves, Wyatt McHale, Lobo Wertheimer, Ty Simpson-Kane
H7: Noa Mizuno, Kala Wallard, Kainaru Kato, Kainehe Hunt
H8: Noah Hill, Logan Bediamol, grupo de Jackson, convidado de Ryder

MENS TRIALS FINAL
H1: Cole Frye, Kai McIntyre, Robert Grilho, Christopher O’Donnel

PRIMEIRA SÉRIE – 1º e 2º avanço
H1: Kai McIntrye, Christopher O’Donnel, Kade Ketcheson, Zac Hedemann
H2: Robert Grilho, Cole Frye, Diesel Storm-Butts, Gavin Hogan

TORNEIOS PARA MULHERES ROUND 1 – 1º avanços para o evento principal
H1: Summer Ivy, Nicole Fletcher, Alexa Muss (EUA), Tegan Harrs